Apresentando o senhor Cambacica, meu s ócio


Minha mãe disse que me emprestaria um tule, mas esqueci na casa dela. No dia seguinte... tarde demais. Lá estava meu sócio na jabuticabeira. Eu ia espantá-lo, mas lembrei de uma frase de um sábio chinês. Quando uma pessoa reclamou das formigas em sua cozinha, ele disse: "Mas você disse a elas que a cozinha era sua"?
Enfim, o passarinho não sabia que a jabuticabeira era minha. E resolvi então dividir com ele a alegria de ter as minhas (sim, elas são minhas, viu passarinho???) jabuticabas.
Claro que corri para pegar a câmera. A Rose, que trabalha aqui em casa, me chamou quando ele estava de novo na árvore. Nunca tinha observado o passarinho de perto, e ele é ousado! A gente se aproxima, ele voa para o muro. E traz a esposa - ou o marido, que disso eu não entendo, pra mim é tudo passarinhO... Mas não sai do muro. Só se o barulho é maior, e ligando a câmera eu o espantei.
Reparei na regularidade e é café da manhã e almoço. Ele dá umas bicadas pela tarde também.
Mais tarde a Má veio ter aula, e mostrei a foto do faminto para ela. Ela disse ser um Cambacica (esperta esta Marcela...), pois o pai dela vivia de fotografar os passarinhos na vizinhança e mandava sempre para um site para que os identificassem. Mais tarde ela me mandou um link da Wikipedia. Vejam que email fofo ela me mandou:
"Carla,
pela foto que vc me mostrou do safado do passarinho que come suas jabuticabas, pesquisei pelo nome CAMBACICA no google e achei um Wikipédia :
http://pt.wikipedia.org/wiki/Cambacica
É ele ?
Beijos"

E é ele mesmo!
Enfim... salvei algumas jabuticabas (estavam docinhas!!!) e o resto o senhor Cambacica tratou de dar cabo. Hoje a jabuticabeira está pelada, mas novos brotos já aparecem nos seus finos galhos... oba!!