Sonhando muito alto

Que pena, hoje perdi o chat da Cathy Zielske!! :o(

Até mandei uma pergunta antes, mas o arquivo do chat não estava disponível até agora há pouco, não sei se a moderação liberou ou não o que eu perguntei.

Eu queria saber se existe mercado no Brasil para designers - visto que muitos produtos são de designers americanas - e também, se existe mercado nos EUA para designers não-americanas.

Sim, estou sonhando alto. MUITO alto. Mas sonhar serve pra isso mesmo, né? Pra gente pensar em coisas que teoricamente são impossíveis.

Tenho consciência das minhas limitações criativas, mas às vezes tenho também consciência de que posso fazer melhor do que fazem. E olha que assumir isso - pra quem tem a auto-estima meio flutuante - é difícil: atrás de tanta tagarelice e tanta segurança que dizem que eu passo, tem uma pessoinha MUITO insegura... e muito tímida (ei, pára de rir que é verdade ! :D)

Mas... será que existe espaço para designers de produtos que não sejam americanas nos EUA?

E será que o Brasil está preparado para ter designers e pagar por eles?

Será que alguém aqui teria condições de viver desta forma - criando apenas para scrap?

Sempre digo que este é o meu sonho: ficar apenas criando, e ter outras pessoas executando... :D

Porque criar é uma coisa, colocar em produção é outra... você tem que correr atrás de fornecedor, tem que ter capital pra poder investir, tem que ficar em cima de prazos, ir atrás também de compradores, fazer um preço compatível com o mercado e que remunere todo o seu trabalho, abrir empresa, pagar impostos, negociar prazos de pagamento... e fazer isso pessoalmente, ao vivo, indo até onde Judas perdeu as meias - porque as botas ficaram muito antes.

Não é fácil. Muitas vezes uma ótima idéia morre em um destes passos durante a execução. E isso, pra quem cria, é um tiro no peito. É muito doloroso ver algo que você tem certeza de que faria sucesso não ir pra frente por falta de qualidade de fornecedor ou por causa de preço.

Nessas horas, eu queria ser milionária, pra poder apenas criar e produzir sem me preocupar em vender, em ganhar dinheiro. Apenas pelo prazer de criar e ver aquilo que eu julgo que seja belo sendo usado por todo mundo. Todo mundo mesmo.

Sei que este é um sonho muito mais alto ainda. Mas ele existe, aqui no fundinho da minha cabeça. Sonhar ainda é uma coisa que podemos fazer do jeito que queremos, e de graça.

E você, qual o seu sonho?